BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

4 dicas para combater o estresse e viver com mais tranquilidade

outubro 4, 2021 0
combate-ao-estresse.jpg

Estresse  é  uma resposta do organismo a determinados estímulos que representam circunstâncias ameaçadoras,  ou seja,  situações corriqueiras do dia a dia, como uma discussão no trabalho ou um imprevisto.  Segundo o relatório global de emoções feito pela Gallup,  empresa americana especializada em pesquisa de opinião, 2020 bateu recorde no nível de estresse entre cidadãos. O levantamento, feito com mais de 160 mil adultos em 116 países, afirma que o ano da pandemia foi o mais estressante dos últimos quinze anos.

 Para te ajudar a entender mais sobre as causas, sintomas, tipos e como controlar o estresse, nós, do Blog da Medquimheo, reunimos, neste conteúdo, informações, pesquisas e quatro dicas essenciais para incluir em sua rotina. Continue lendo para conferir!

Veja também:  Dicas para manter a qualidade de vida e a saúde mental na quarentena

Quais são as principais causas e sintomas do estresse?

Nossas relações sociais, as pessoas com quem convivemos e os ambientes aos quais frequentamos diariamente tem impacto direto no nosso bem-estar. Entre as principais causas do estresse, estão: conflitos no ambiente familiar, dificuldades financeiras, problemas de saúde na família, dificuldades no trabalho ou a falta dele e relacionamentos tóxicos, conforme aponta um artigo publicado no Portal de Notícias G1.

É importante destacar que o estresse afeta tanto a saúde mental, quanto a saúde física. Além de haver a possibilidade de desencadear diversos transtornos psiquiátricos, como ansiedade, síndrome do pânico, depressão e até mesmo esquizofrenia, estão entre os sintomas do estresse, a hipertensão, insônia, imunidade baixa e problemas digestivos, conforme afirma estudo da UniCardio. 

Entenda os diferentes tipos de estresse

  Estresse Agudo

Esse é o tipo de estresse mais comum. Ocorre, geralmente, em episódios isolados, com o recebimento de uma notícia inesperada e/ou ruim, briga ou acidente. Por se tratar de episódios isolados, não têm efeito permanente no organismo. Em casos de trauma mais graves, como  assalto, há o risco de desenvolvimento de um quadro psiquiátrico chamado de transtorno de estresse pós-traumático. Apesar disso, o estresse agudo pode ser considerado, até certo ponto, saudável, pois ensina o indivíduo a como reagir em situações estressantes futuras.

      Estresse Agudo Episódico

Ocorre quando há uma repetição frequente do estresse agudo, por exemplo, quando a pessoa tem crises nervosas todos os dias. Nesses casos, não se tratam mais de episódios isolados. Acontece, em grande parte, com pessoas mais pessimistas, que estão sempre em estado de alerta, na espera do pior. Desse modo, a pessoa fica ansiosa e tensa sem motivos aparentes. A autocobrança e o perfeccionismo também contribuem para este quadro, uma vez que o indivíduo passa a ficar irritado consigo mesmo e com o ambiente ao seu redor.

      Estresse Crônico

Estresse constante, persistente, que permanece por longos períodos de tempo. Geralmente é causado por alguma situação traumática, que foi internalizado e os reflexos permanecem presentes na pessoa. Afeta diversos aspectos psicológicos do indivíduo. Assim como no estresse agudo episódico, quem sofre de estresse crônico se acostuma com o sentimento.

 Como controlar o estresse?

Agora que você já sabe as principais causas, tipos e consequências do estresse, reunimos 4 dicas para te ajudar a controlá-lo, e assim, ter uma vida mais tranquila e saudável.

1️⃣ – Praticar atividade física

A atividade física é uma grande aliada quando o assunto é controle do estresse. Além de melhorar a saúde de modo geral, o exercício gera a sensação de bem-estar e aumenta a disposição e energia de quem o pratica. Isso acontece porque, quando praticamos exercícios, aumentamos a produção dos neurotransmissores de bem-estar do cérebro – as endorfinas. Caminhar, correr ou pedalar são atividades recomendadas para uma saúde mental mais estável.

2️⃣ – Ler

A leitura é essencial para relaxar a mente e esquecer dos problemas. Somente o ato de parar, sentar no sofá e ler um livro já é, por si só, relaxante. Mas não é só isso! A leitura provoca o equilíbrio entre o cérebro e os pensamentos, pois quando lemos, o nosso corpo exige maior concentração da área da visão para interpretar o que está sendo lido, isso relaxa a tensão dos demais músculos. Além disso, ler faz a pessoa se desligar dos outros sentidos físicos, o que provoca descanso mental e alívio das preocupações. 

3️⃣ – Ter uma alimentação saudável

Uma alimentação saudável, além de fazer o organismo funcionar melhor, melhora o humor e afasta o estresse. Estudos mostram que quando temos a presença de uma variedade de alimentos, principalmente naturais, consumimos várias fontes de fibras, vitaminas e minerais que, quando entram no organismo, produzem hormônios que estão ligados ao prazer e à satisfação, o que proporciona sensação de bem-estar. Dessa forma, nossa dica é que invista em saladas, legumes, frutas e vegetais! 

4️⃣ – Tirar um tempo para o lazer

O lazer é indispensável para qualidade de vida. Tirar um tempo para si mesmo, para fazer algo que gosta e que te traz prazer, como dançar, ouvir músicas, assistir filmes, entre outros, são atividades de autocuidado importantes para sair do modo automático e eliminar a pressão de precisar ser produtivo o tempo todo. Pesquisas apontam que pessoas com mais tempo livre e/ou que o utilizam melhor sentem menos impactos do estresse diário. Ao quebrar a rotina, descansar e liberar hormônios do prazer e da felicidade, como dopamina e ocitocina, há uma melhora considerável nos níveis de estresse.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Como praticar atividade física durante o isolamento?

Saiba como ter uma alimentação mais saudável

 

Fonte: Estudo da UniCardio


Deixe um comentário

Campos obrigatórios estão marcados com *