BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Datas Comemorativas

shutterstock_1777311746.jpg

Linfoma de hodgkin ou doença de hodgkin é um câncer do sangue, assim como a leucemia, mas este se origina no sistema linfático – composto por órgãos como linfonodos e tecidos – que produzem as células responsáveis pela imunidade do corpo. Nesse sentido, as células que deveriam proteger contra as bactérias e vírus, transformam-se em células malignas, conhecidas como Reed-Sternberg.

A estimativa é de que para cada ano do triênio (2020 a 2022), sejam diagnosticados 2.640 novos casos de linfoma de hodgkin no Brasil, o que corresponde a um risco previsto de 1,52 novos casos a cada 100 mil homens e de 0,95 para cada 100 mil mulheres, segundo levantamento realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Quer saber mais sobre este tipo de câncer? Então continue a leitura deste artigo!

Veja mais – Bem-estar: entenda como as emoções interferem na saúde do organismo

Quais são os fatores de risco para o linfoma de hodgkin?

Pessoas com sistema imunológico comprometido, como as que possuem o vírus HIV; pacientes que usam imunossupressores, além da predisposição hereditária, mas que  segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca) é um fator raro para o desenvolvimento do linfoma de hodgkin. No entanto, os casos diagnosticados demonstram que esse tipo de câncer é mais comumente desenvolvido por fatores adquiridos ao longo da vida, os quais ainda não são claros para os especialistas. A idade, também, pode ser levada em questão, visto que muitos pacientes com linfoma de hodgkin têm entre 15 e 40 anos.

Linfoma de hodgkin X Linfoma não hodgkin 

É preciso lembrar que existem dois tipos de linfoma: hodgkin e não hodgkin. O linfoma não hodgkin não tem a presença das células malignas Reed-Sternberg, além de:

  • Ser mais comum em pessoas acima de 55 anos;
  • Na maioria dos casos, podem surgir em outras partes do corpo, e não ter início na parte superior do corpo, como o linfoma de hodgkin.

Possíveis sintomas do linfoma hodgkin

Apesar de possuir algumas características que os diferenciam, os linfomas podem apresentar sintomas parecidos, a depender da localização do tumor. São eles:

  • Aparecimento de nódulos inchados e indolores no pescoço, no tórax, no abdômen ou na virilha;
  • Suores noturnos intensos, com ou sem febre;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso inexplicável;
  • Fadiga ou perda de energia;
  • Tosse e dificuldade para respirar;
  • Aumento do fígado ou do baço, sinais percebidos em exames mais aprofundados. 

Como diagnosticar o linfoma de hodgkin? 

A detecção do linfoma de hodgkin pode ser realizada por meio de exames a partir da queixa do paciente por algum sintoma, além das visitas periódicas, que mesmo sem apresentar possíveis sintomas, as pessoas as realizam e, assim, facilitam o rastreamento desse tipo de câncer em estágio inicial. 

O diagnóstico é obtido por meio de biópsia da região afetada, que consiste na retirada de uma pequena parte do tecido que será analisado e definido em um dos subgrupos elencados pela Organização Mundial de Saúde (OMS): clássico e predomínio linfocítico nodular.

Os principais tratamentos do linfoma hodgkin

O principal tratamento do linfoma de hodgkin envolve poliquimioterapia – que é o uso de vários medicamentos para controlar o tumor; além da quimioterapia, com ou sem radioterapia associada. O tipo de tratamento e a quantidade de sessões é determinada em cada caso, a partir do estágio do tumor e idade do paciente.

#DicaMedquimheo: a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) lançou um e-book com as principais informações a respeito do linfoma de hodgkin, com tópicos que tratam desde os sintomas desse tipo de câncer a como o paciente pode lidar com as emoções e outras questões durante o tratamento. Vale a pena conferir!

Medquimheo: espaço de tratamento oncológico acolhedor

Nós, da Medquimheo, somos uma equipe multidisciplinar que oferece cuidado individualizado a cada paciente para que o tratamento seja mais leve e acolhedor. Formamos a clínica de oncologia no Espírito Santo que quer ir muito além de simplesmente atender pessoas, mas também oferecer um atendimento humanizado e um tratamento seguro, atual e multidisciplinar.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Veja mais conteúdos que podem te interessar:

Centro de infusão e terapia imunobiológica: inovação no tratamento de doenças

Dia Mundial da Luta Contra o Câncer: como ser um adepto a esta batalha?

Fonte: Instituto Nacional do Câncer (Inca).


shutterstock_1899023548.jpg

A hipertensão arterial é comumente conhecida como pressão alta e atinge cerca de 38 milhões de brasileiros, conforme indicam os dados da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde. A doença crônica é considerada um fator de risco de outras enfermidades, como cardiopatias e complicações renais. A pressão alta é tema que marca a data de 26 de abril como o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial e, apesar de ter alta incidência, é uma doença que pode ser controlada e prevenida, basta seguir um estilo de vida saudável.

Quer saber como estar no controle e ter uma vida longa e mais sadia? Continue lendo nosso artigo!

Veja mais – 4 dicas para combater o estresse e viver com mais tranquilidade

O que é a hipertensão arterial?

A pressão alta, como é popularmente conhecida, afeta vasos sanguíneos de órgãos como o coração, o cérebro e os olhos, além de poder causar disfunção e perda renal. É considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares, como infartos, que representam a primeira maior causa de falecimentos em todo o mundo, inclusive no Brasil. A hipertensão arterial pode atingir tanto mulheres quanto homens principalmente acima dos 30 anos.

Diagnóstico da hipertensão

Um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Imperial College London analisou adultos entre 30 e 79 anos nos últimos 30 anos e identificou que 1,28 bilhões deles foram diagnosticados com a doença. Porém, cerca de 580 milhões de pessoas, sendo 41% das mulheres e 51% dos homens, desconheciam a condição por não terem sido diagnosticadas.

A hipertensão arterial é facilmente detectada a partir da aferição de pressão. É um procedimento que pode ser realizado em casa ou em um centro de saúde e é geralmente tratada com medicamentos de baixo custo, que controlam a hipertensão. A recomendação médica é que adultos acima dos 20 anos meçam a pressão uma vez ao ano, e duas vezes anualmente em casos de histórico familiar.

Possíveis sintomas da hipertensão

De acordo com a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), a hipertensão é uma doença silenciosa e não apresenta sintomas em mais de 50% das pessoas, porém pode se manifestar como dores no peito ou de cabeça, mal-estar, tonturas, zumbidos nos ouvidos, visão embaçada e fraqueza. Em pacientes com câncer, a hipertensão arterial é um fator que necessita de observação constante, pois podem sofrer alteração de acordo com o tratamento adotado, principalmente em casos de tumores renais, intestinais e gástricos.

Fatores de risco

Os fatores mais comuns de elevação da pressão são:

  • Sedentarismo;
  • Obesidade;
  • Tabagismo;
  • Má alimentação;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Histórico familiar;
  • Existência prévia de doenças cardiovasculares.

Como prevenir?

A melhor maneira de prevenir a hipertensão arterial é adotar um estilo de vida mais saudável. Manter uma rotina de exercícios físicos, uma alimentação balanceada com o consumo de frutas, fibras e vegetais, moderar o consumo de bebidas alcoólicas e interromper o tabagismo são alguns dos hábitos fundamentais a serem adotados para prevenir a elevação da pressão. Outras ações que podem ser alteradas no cotidiano são:

  • Reduzir o consumo de sal;
  • Evitar estresses;
  • Estar em dia com a vitamina D, que auxilia no equilíbrio da circulação sanguínea;
  • Em caso de pacientes diabéticos, estar com a doença controlada;
  • Manter o peso corporal saudável.

Medquimheo: clínica oncológica com atendimento acolhedor

Aqui, na Medquimheo, nossa equipe multidisciplinar oferece cuidado individualizado a cada paciente para que o tratamento seja mais leve e acolhedor. Somos a clínica de oncologia no Espírito Santo que apresenta a missão de permanecer em constante evolução e ir muito além de simplesmente atender pessoas, por meio de um atendimento humanizado e um tratamento seguro, atual e multidisciplinar.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Dieta que salva: como uma alimentação equilibrada pode prevenir doenças respiratórias no outono?

Dia Mundial da Luta Contra o Câncer: como ser um adepto a esta batalha?

Fonte: Ministério da Saúde.


dia-mundial-da-luta-contra-o-cancer-medquimheo.jpg

O Dia Mundial da Luta Contra o Câncer, que marca o dia 8 de abril, busca conscientizar a população sobre os perigos e alertar para os cuidados em relação a esta doença. A data destaca a necessidade do acompanhamento médico regular e de ações que incentivem bons hábitos de saúde, como manter uma dieta nutritiva e saudável para prevenir doenças, como a obesidade, fator de risco para o câncer.

Estudos do Instituto Nacional de Câncer (INCA) registraram, nos últimos dez anos, um aumento de 20% nos casos da doença, que é a segunda causa de falecimento ao redor do mundo antes dos 70 anos. Esses dados podem crescer ainda mais devido à pandemia, que reduziu o acompanhamento médico e a realização de exames periódicos para detectar tumores. 

Quer saber como ser um adepto nesta batalha? Continue lendo nosso artigo!

Veja mais – Família: como prestar apoio emocional ao paciente oncológico?

Cenário durante a pandemia do coronavírus

O câncer é uma doença tratável e que tem grandes chances de cura quando detectado nos estágios iniciais. Porém, durante a pandemia, foram realizadas pesquisas que apontam a defasagem nos cuidados com a saúde, principalmente em relação ao acompanhamento médico regular e à realização periódica de exames preventivos. Apenas no Brasil, um estudo da Latin American Cooperative Oncology Group indica que houve redução de 58% a 80% de mamografias de rastreamento e de 40% de cirurgias de mama entre 2020 e 2021.

Fatores de risco

Nossa especialista, Dra. Morgana Stelzer Rossi, reforça que a rotina de exames e consultas regulares é fundamental para a prevenção, porém, também é preciso adotar hábitos e ter atenção redobrada a outros fatores que podem facilitar o desenvolvimento de tumores,como:

  • Histórico familiar: é necessário ficar atento em casos de famílias que possuem pacientes com câncer;
  • Idade: o câncer é uma doença complexa, que pode se manifestar de formas diversas e em diferentes faixas etárias. Por isso, alguns tumores surgem ainda na infância enquanto outros aparecem apenas em idosos;
  • Infecções: agentes como vírus e bactérias podem estar ligados a tipos de câncer, como o HPV (Papilomavírus Humano), causador do câncer de colo do útero;
  • Medicamentos: o uso excessivo ou contínuo de alguns remédios pode influenciar o desenvolvimento de tumores;
  • Dieta: manter uma rotina alimentar adequada, rica em nutrientes, minerais e vitaminas, previne o desenvolvimento de cânceres e doenças como a obesidade.

Como prevenir o câncer

É essencial, para evitar o desenvolvimento do câncer, a adoção de bons hábitos de saúde ao longo da vida. Para isso, é possível:

  • Ter uma rotina de exercícios físicos regular;
  • Adotar uma dieta nutritiva;
  • Evitar o consumo de fast foods, comidas muito calóricas e muito gordurosas;
  • Moderar no consumo de bebidas alcoólicas;
  • Regular a exposição protegida ao sol.

Medquimheo: clínica oncológica com atendimento acolhedor

Aqui, na Medquimheo, nossa equipe multidisciplinar oferece cuidado individualizado a cada paciente para que o tratamento seja mais leve e acolhedor. Somos a clínica de oncologia no Espírito Santo que apresenta a missão de permanecer em constante evolução e ir muito além de simplesmente atender pessoas, por meio de um atendimento humanizado e um tratamento seguro, atual e multidisciplinar.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Células-tronco: entenda suas funções e como auxiliam em tratamentos medicinais

Diagnóstico precoce e sua importância para tratamentos de doenças

Fonte: Instituto Nacional de Câncer.


shutterstock_1929693059.jpg

O sangue seguro deve ser um direito de todos, visto que é um elemento vital e serve de suporte para tratamentos oncológicos, intervenções cirúrgicas e quadros clínicos emergenciais. O ato de doar sangue é simples e pode salvar até 4 vidas, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No entanto, o órgão também evidencia as baixas taxas de doação – apenas 16 a cada mil pessoas são doadoras no Brasil. Neste período de pandemia, houve, ainda, uma redução de 20% de voluntários. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), em nível global, 42% do sangue coletado é de países de alta renda, que abrigam apenas 16% da população mundial.

Nesse sentido, a Assembleia Mundial da Saúde instituiu o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, que tem como principal objetivo aumentar a conscientização da sociedade sobre a necessidade de contribuir, como voluntários, na doação de sangue. O slogan da campanha de 2021 é “Doe sangue para que o mundo continue pulsando” e visa a agradecer aos doadores de todo mundo e sensibilizá-los para a importância da doação como ferramenta para salvar vidas e proporcionar mais saúde às pessoas. 

Para te ajudar a entender mais detalhes sobre o tema e saber os requisitos para se tornar um doador, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial. Confira!

Veja também: Descubra mitos e verdades sobre a leucemia

🔎 Qual a importância da data para os pacientes oncológicos?

Para os pacientes oncológicos, é comum necessitar de uma transfusão sanguínea, principalmente, aqueles que enfrentam cânceres hematológicos, como por exemplo, a leucemia aguda, já que a doença se origina na medula óssea, órgão em que o sangue é produzido. No entanto, a doação também  é de grande valia para casos de cirurgias oncológicas e procedimentos de quimioterapia. 

💉 Pacientes oncológicos podem doar?

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), neoplasias malignas, como o câncer, são impeditivos definitivos para a doação sanguínea, visto que a ação deve proporcionar segurança a todos, e o paciente oncológico pode ser prejudicado ao doar, já que se encontra, na maioria dos casos, vulnerável e necessitado da doação. Além disso, o uso de medicamentos para o tratamento contra o câncer pode ser prejudicial ao receptor.

🦠 Doação de sangue em período de pandemia

De acordo com o Ministério da Saúde, estima-se que neste período de pandemia houve queda de 20% no total de doações de sangue, se comparado ao ano anterior. Em contrapartida, tornou-se ainda mais necessário a doação, visto o aumento da demanda por produtos sanguíneos para o tratamento da Covid-19 e outras doenças, como o câncer. Dessa forma, procure o hemocentro mais próximo de você, adote as medidas de segurança e mantenha o hábito de doar e compartilhar a vida com aqueles que precisam. 

🤔 Quem pode doar?

Antes de doar, efetivamente, os voluntários passam por uma triagem para avaliação da saúde. Para isso,  é preciso se encaixar em alguns quesitos, como:

🩺 Estar em boas condições de saúde;

👨‍👧‍👧 Ter entre 16 e 69 anos. Para os idosos, é necessário que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos de idade;

⚖️ Pesar no mínimo 50kg;

🥗 Estar alimentado. É preferível evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação.

É importante citar que neste período de pandemia, outros requisitos foram estabelecidos temporariamente para garantir maior segurança aos doadores e receptores.

🤧 Em casos de sintomas gripais, é preciso aguardar 7 dias após o desaparecimento dos sinais para doar;

🤰🏽 Grávidas e puérperas devem aguardar até 12 meses após o parto para realizar a doação;

🦠 Pessoas infectadas pelo coronavírus devem aguardar 30 dias após a recuperação da doença para fazer a doação;

💉 Vacinados contra a Covid-19 só devem doar entre 48h e 7 dias após cada dose, a depender de qual vacina foi ministrada.

💡 Conheça nosso blog!

Aqui em nosso Blog sempre encontrará materiais relevantes para mais saúde e qualidade de vida. Confira outros conteúdos que podem ser de seu interesse:

Entenda a importância da doação de sangue na pandemia

Junho Vermelho: mês de conscientização e incentivo à doação de sangue

Fonte: Ministério da Saúde.


Dia-Nacional-de-Prevencao-e-Combate-a-Hipertensao-Arterial.jpg

Em 26 de abril é celebrado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), no Brasil, cerca de 30% da população com mais de 40 anos pode ter pressão arterial elevada e este é o principal fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC). Além disso, a hipertensão apresenta perigos para os pacientes oncológicos, visto que estudiosos avaliam a relação entre os tratamentos de câncer e o surgimento ou agravamento da hipertensão arterial.

Para te mostrar que é possível prevenir a pressão alta e ter uma melhor qualidade de vida, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial.

O que é hipertensão arterial?

Conhecida popularmente como pressão alta, trata-se de uma doença crônica e degenerativa, caracterizada pelos altos níveis de pressão sanguínea nas artérias. De acordo com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa é considerada hipertensa quando sua pressão sistólica – termo técnico que se refere a contração do coração -, é maior que 140 milímetros de mercúrio (mmHg) ou a diastólica, que significa o relaxamento entre um batimento cardíaco e outro, é igual ou maior que 90 mmHg.

Assim como em pacientes sem diagnóstico de câncer, a hipertensão está associada a eventos agudos, como insuficiência cardíaca, acidente vascular encefálico, crises hipertensivas, síndromes coronarianas agudas e insuficiência renal, de acordo com pesquisas do Núcleo de Cardio-Oncologia do Hospital Sírio Libanês. Confira alguns números e níveis da hipertensão:

📌 Pressão sistólica (mmHg):

  • Normal = 120 ou menor;
  • Pré-hipertensão = 121 a 139;
  • Hipertensão estágio 1 = 140 a 159;
  • Hipertensão estágio 2 = 160 a 179;
  • Crise hipertensiva = 180 ou maior.

📌 Pressão diastólica (mmHg):

  • Normal = 80 ou menor;
  • Pré-hipertensão = 81 a 89;
  • Hipertensão estágio 1 = 90 a 99;
  • Hipertensão estágio 2 = 100 a 109;
  • Crise hipertensiva = 110 ou maior.

Hábitos que previnem a hipertensão arterial

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa da Associação Beneficente Síria HCor, aponta que os problemas cardiovasculares, que podem surgir devido a pressão alta, representam cerca de 300 mil mortes por ano no Brasil e 50% dos hipertensos não sabem que possuem a doença. Por isso, a chave para uma vida mais saudável é a prevenção.

🤸🏼‍♂️ Pratique exercícios físicos

De acordo com o Ministério da Saúde, 20 a 30% dos casos de hipertensão arterial podem ser explicados pelo excesso de peso. Nesse sentido, a prática regular de exercícios físicos podem auxiliar no controle da pressão e na redução do surgimento de doenças associadas à hipertensão.

❌ Evite fumar e consumir bebidas alcóolicas

O vício do fumo e da ingestão de bebidas alcoólicas podem aumentar os riscos da elevação da pressão arterial, além de ser prejudicial para os pacientes oncológicos, em tratamento ou curados.

🥗 Tenha uma alimentação saudável

Uma alimentação balanceada deve incluir alimentos livres de agrotóxicos e minimamente processados, como frutas, legumes, verduras, laticínios e oleaginosas. A escolha de bons alimentos desempenha um papel importante para o controle da hipertensão. Para isso, é preciso diminuir o consumo de sódio, que está presente nos enlatados e embutidos, como salame, mortadela, presunto, salsicha, pipoca de microondas, macarrão instantâneo e refrigerantes diet e zero.

Opte por uma rotina alimentar saudável e crie o hábito de se exercitar, a fim de preservar a saúde arterial e ter mais qualidade de vida.

Conheça nosso blog!

Aqui no Blog você confere outros conteúdos:

 Hipertensão: causas, sintomas e como prevenir!

Dia da Saúde e da Nutrição: saiba como ter uma alimentação mais saudável

Fonte: Ministério da Saúde.


Dia-Mundial-de-Luta-Contra-o-Cancer.png

Em 8 de abril é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra o Câncer. A data foi instituída para chamar a atenção sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce da doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um terço das mortes provocadas pelo câncer podem ser evitadas se detectadas em estágio inicial e com acesso aos tratamentos adequados.

Para te mostrar que é possível prevenir o câncer e ter um tratamento com resultados positivos, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial.

Hábitos que previnem o câncer

Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Harvard University, publicada na Revista Científica Cancer Epidemiology, aponta que do total dos casos anuais de câncer, 27% deles seriam evitados e 34% das mortes seriam poupadas, com um estilo de vida mais saudável. Confira hábitos que podem ser adotados:

❌ Evite fumar e consumir bebidas alcóolicas

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o vício aumenta em até 20 vezes o surgimento do câncer de pulmão. Pode contribuir, ainda, para o desenvolvimento do câncer de laringe, faringe, esôfago, bexiga, pâncreas, rim, estômago e intestino. No caso das bebidas alcoólicas, elas podem corroborar para o surgimento do câncer de estômago e intestino.

☀️ Cuidado ao se expor ao sol

É recomendado que a exposição solar aconteça entre 7h e 9h, horários em que a radiação ultravioleta não é prejudicial à pele e auxilia no estímulo à produção de vitamina D. Em contrapartida, a exposição em larga escala ao sol, no intervalo de 10h e 16h, pode acarretar o desenvolvimento de todos os tipos de câncer da pele. Por isso, sempre faça uso do protetor solar com FPS 50, mesmo em dias nublados; use chapéu e óculos de sol.

🍉 Adote uma rotina saudável

rotina-saudavel

Uma rotina saudável deve incluir alimentação balanceada e prática de exercícios físicos. É importante consumir alimentos livres de agrotóxicos e minimamente processados, como frutas, legumes, verduras, laticínios e oleaginosas.

Para que o corpo e a mente estejam em harmonia, é necessário praticar atividades que proporcionem prazer. Aeróbica, ioga, dança, corrida, musculação são exercícios que, junto a uma alimentação saudável, auxiliam na promoção da qualidade de vida e fortalecimento do sistema imunológico. Além de controlar o peso corporal e evitar casos de obesidade, que podem estar ligados ao surgimento do câncer.

💉 Mantenha as vacinas em dia

Alguns tipos de cânceres estão diretamente relacionados a infecções virais que podem ser evitadas pela vacinação, como o câncer uterino e o de fígado. A imunização contra o HPV e Hepatite B são essenciais para a prevenção desses cânceres, visto que auxiliam no desenvolvimento de anticorpos contra os vírus.

🩺 Realize os exames preventivos

Os exames preventivos são ferramentas fundamentais para a detecção precoce do câncer. Aumentam as chances de cura e preservam o bem-estar do paciente durante o tratamento oncológico. É de suma importância se atentar às campanhas nacionais e internacionais que alertam a sociedade para os exames que devem ser feitos. Confira algumas:

📌 É importante lembrar, ainda, que alguns cânceres não têm fatores de risco bem definidos e podem se desenvolver por conta da genética, histórico familiar e desenvolvimentos anormais de células cancerígenas. No entanto, todo cuidado é importante para preservar a saúde e garantir um tratamento mais assertivo.

👨🏻‍⚕️ Tratamento oncológico leve e acolhedor

A nossa campanha intitulada “O câncer tem tratamento e passar por ele pode ser mais leve e acolhedor” carrega a nossa missão: cuidar. Nossa equipe multidisciplinar que inclui oncologistas, nutricionistas, psicólogos e farmacêuticos trabalham com dedicação para proporcionar um tratamento personalizado a todos os pacientes. A luta contra o câncer não é uma batalha fácil mas, nós, da Medquimheo, estamos à disposição para caminhar lado a lado e construir uma rede de apoio para enfrentar este momento.

“A nossa dedicação é para levar o máximo de zelo e carinho aos pacientes. Queremos que eles saibam que não estão sozinhos e estaremos sempre dispostos a ajudar e pôr em prática a nossa missão, que é o cuidado individualizado.”

– Carolina Conopca, oncologista da Medquimheo

Conheça nosso blog!

Aqui no Blog você confere outros conteúdos:

Dia Mundial do Câncer: entenda a campanha

Dia Mundial do Combate ao Câncer: você sabe a importância da data?

Fonte: Instituto Nacional do Câncer (Inca).


dia-da-saude-e-da-nutricao.png

No dia 31 de março é celebrado o Dia da Saúde e da Nutrição. A data foi instituída pelo Ministério da Saúde, com o objetivo de lembrar a população sobre a importância de uma alimentação saudável para promoção da qualidade de vida. De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, a alimentação vai além da ingestão de nutrientes, pois pode auxiliar na prevenção do câncer e conservação do bem-estar.

Para te mostrar que é possível adotar hábitos saudáveis alimentares, nós, do Blog da Medquimheo, produzimos este conteúdo especial. Confira!

Alimentação aliada ao tratamento oncológico

Uma boa alimentação garante o bom funcionamento do nosso organismo e pode ajudar a evitar o surgimento do câncer. Para pacientes oncológicos, os benefícios são refletidos na evolução positiva do tratamento, visto que a debilidade do corpo pode ser amenizada por meio de uma alimentação balanceada. Refeições instruídas de forma personalizada por um profissional podem auxiliar, ainda, na diminuição dos efeitos colaterais de remédios e procedimentos do tratamento oncológico.

Segundo uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), oito em cada dez brasileiros afirmam se esforçar para ter uma alimentação saudável. Dos entrevistados, 71% apontam a preferência por produtos mais naturais, mesmo que tenham que pagar mais caro por eles. Os alimentos mais indicados para compor um cardápio saudável, principalmente, para os pacientes oncológicos, incluem a chamada comida de verdade. Frutas, verduras, proteínas, peixes, cereais, oleaginosas e laticínios frescos estão inclusos na lista. É necessário também, consumir o mínimo possível de industrializados e ultraprocessados.

Importância da alimentação saudável durante a pandemia

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Datafolha, em conjunto com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), a ingestão de ultraprocessados aumentou de 9% para 16%, comparado ao ano de 2019 e o período de pandemia. Essa prática pode justificar o aumento de peso da população brasileira durante este período, como apontado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): a obesidade feminina subiu de 14,5%, para 30,2%, enquanto a masculina passou de 9,6% para 22,8%.

No entanto, é possível mudar essa realidade e aproveitar o tempo de isolamento físico para se engajar com a escolha e preparo de alimentos mais saudáveis. A alimentação pode ser uma grande aliada no combate do estresse e ansiedade, problemas esses que tiveram maior incidência durante a pandemia. Afinal, para um corpo mais saudável, a mente também precisa estar em equilíbrio.

Como escolher alimentos e preparos mais saudáveis?

alimento- e-preparos-mais-saudáveis

Nós separamos algumas dicas para te ajudar a escolher alimentos saudáveis e saber como prepará-los, de forma que não percam seus nutrientes. Confira!

🥕 Tenha uma horta em casa

Ter alimentos acessíveis faz com que optemos por eles com maior facilidade e, dessa forma, possamos evitar as escolhas industrializadas. Cultivar uma horta pode ser um hobby para praticar durante a pandemia e ter mais contato com a natureza. Uma pesquisa realizada pela empresa Archer Daniels Midland (ADM), analisou as tendências no mercado alimentício em 2020. Dos consumidores entrevistados, 65% apontaram que buscam adotar hábitos que impactam, positivamente, o meio ambiente. Outros 32% dos entrevistados afirmam consumir alimentos de produtores que demonstrem compromisso com a sustentabilidade.

 🥪 Planeje suas refeições

Para ter uma rotina de alimentação saudável efetiva é necessário planejamento e organização. O primeiro passo é fazer uma lista de compras, pois assim, as tentações ficam mais resistíveis no mercado. A segunda etapa inclui a organização da dispensa, de uma forma que os produtos fiquem mais visíveis e facilite o acesso. Após a higienização e organização dos alimentos, é preciso definir o cardápio da semana e iniciar as preparações. Para refeições mais saudáveis escolha entre os temperos naturais, evite óleos industrializados e sal em excesso e abuse nas cores dos vegetais, legumes e frutas frescas.

⏰ Tire um tempo para sua refeição

Para que a alimentação saudável seja praticada de forma divertida, experimente fazer da preparação e do ato das refeições um momento de convivência prazeroso. Reunir a família na cozinha deixará o ambiente mais leve e, durante a alimentação, atente-se para ingerí-la devagar. De acordo com o Guia Alimentar, já citado acima, essa prática ajuda na maior saciedade e absorção de nutrientes do corpo.

Conheça nosso blog!

Aqui no Blog tem outros conteúdos que podem te interessar, confira:

Obesidade x Câncer de mama: entenda a relação!

Lanches saudáveis e fáceis para o dia da quimioterapia

Fonte: Guia Alimentar Para a População Brasileira – Ministério da Saúde.


dia-do-medico.png

Neste dia 18 de outubro é comemorado o Dia do Médico, data escolhida para lembrar e homenagear os profissionais que escolheram o cuidar como profissão. A importância do médico no tratamento de doenças, como o câncer, começa na prevenção. Para celebrar a data, nós, do blog da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial. 

Profissionais que lutam contra o câncer junto com os pacientes

O exercício da medicina vai muito além de entender as questões técnicas e científicas da área de atuação escolhida. A empatia e o respeito ao paciente também são pilares fundamentais desta prática, sendo diferenciais para diagnósticos e tratamentos qualificados. É por isso que os profissionais que escolheram cuidar dos pacientes oncológicos são de extrema importância na luta contra a doença. Oncologistas, psicólogos, nutricionistas e tantos outros se posicionam lado a lado com o paciente para que este possa vencer a batalha da forma mais leve possível.

Médicos e a pandemia

Neste ano de 2020, quando o mundo se deparou com a pandemia do novo coronavírus, ficou ainda mais evidente como é essencial o trabalho do médico para a sociedade. Em um momento de incertezas e inseguranças, os profissionais da Medquimheo estão na linha de frente para cumprir o papel de cuidar e atender com competência a todos os pacientes oncológicos.

Durante o período de isolamento físico, nós, da Medquimheo, optamos pelo modelo de teleconsultas para continuar os atendimentos de uma forma mais segura, sem deixar de levar cuidado e atenção. Além disso, estabelecemos protocolos, baseados nas recomendações dos órgãos de saúde, para realizar os atendimentos presenciais da forma mais segura possível. 

Mãos que cuidam

Nós, da Medquimheo, nos orgulhamos em ter nossa história construída pelas mãos de todos os médicos que contribuem com a eficiência de trabalho, para que possamos levar cuidado e atendimento de qualidade. Nosso muito obrigado a todos os médicos da família Medquimheo e parabéns pelo dia!

Conheça o blog da Medquimheo!

O nosso blog é recheado de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Teleconsultas Medquimheo: alternativa de atendimento seguro e eficaz!

Descubra as principais medidas de prevenção ao coronavírus no trabalho 


dia-nacional-de-controle-da-asma.jpg

Celebrado em 21 de junho, o Dia Nacional de Controle da Asma alerta para a importância de manter os cuidados com a saúde do pulmão. Devido ao vírus da Covid-19 causar uma infecção respiratória, esses cuidados devem ser redobrados durante a pandemia. Para celebrar a data, nós, da Medquimheo, preparamos um conteúdo especial com tudo o que você precisa saber sobre asma. Vamos conferir?

O que é asma?

A asma é uma doença pulmonar inflamatória crônica, caracterizada pelo fechamento reversível dos brônquios – tubos que ligam a garganta aos pulmões – por onde passa o ar. Apesar de aparecer em pessoas de qualquer faixa etária, a doença é mais comum em crianças e idosos. Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde,  há cerca de 6,4 milhões de asmáticos no Brasil e a doença é a terceira maior causa de hospitalização no Sistema Único de Saúde (SUS).

Quais são os sintomas da asma?

Os principais e mais comuns sintomas da asma são: falta de ar, chiado, tosse seca e aperto no peito. A grande maioria das crises de asma é precipitada por infecções das vias respiratórias, como gripe ou resfriado. Além disso, elas também podem aparecer durante a prática de exercícios físicos ou após estresse emocional. 

O que causa asma? 

A asma é resultado da integração entre alterações genéticas, como histórico familiar e obesidade, e fatores ambientais e biológicos, como exposição à poeira, pelos, ácaros, infeção viral e variação climática. Vale ressaltar que o tabagismo é um fator de risco da doença, já que a fumaça é um potente irritante das vias aéreas. 

Quais são os cuidados para evitar crises asmáticas? 

Como algumas crises de asma podem ser desencadeadas por substâncias alérgicas – poeira, pelos, mofo – ou irritantes – poluição, fumaça de cigarro, cheiros fortes -, o principal cuidado a se tomar é manter a limpeza dos ambientes, principalmente onde o asmático passa a maior parte do seu tempo. Além disso, evitar contato com substâncias químicas e objetos de pelúcia e manter a casa aberta para entrada de sol são medidas importantes que também devem ser tomadas 😉 

#DicaMedquimheo: consulte um médico especialista sempre que perceber alguma alteração no quadro clínico. 

Como é o tratamento da asma?

Apesar de não ter cura, ao controlar a asma, pode-se viver muitos anos com a doença e a pessoa pode ter uma vida normal e até fazer atividade física. O tratamento da asma deve ser orientado por um pneumologista, mas, normalmente, inclui uso de medicamentos para controlar a asma ao longo do tempo e outros remédios para aliviar rapidamente as crises.

Conheça o blog da Medquimheo!

O nosso blog é recheado de posts incríveis para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Dia Mundial sem tabaco: cuide da saúde pulmonar durante a Covid-19

Hipertensão: causas, sintomas e como prevenir!

Fonte: Ministério da Saúde.


dia-mundial-sem-tabaco.jpg

Causa de cerca de 85% dos casos de câncer de pulmão, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o hábito de fumar é comum entre os brasileiros e extremamente prejudicial à saúde. Com objetivo de conscientizar as pessoas sobre o impacto negativo gerado pelo vício em cigarro e a dependência física à nicotina, em 31 de maio, celebra-se o Dia Mundial sem Tabaco.

Para comemorar essa importante data, nós, da Medquimheo, preparamos um post com tudo o que você precisa saber para cuidar da saúde do pulmão. Continue lendo e confira!

Por que o cigarro é prejudicial?

O tabagismo contém, aproximadamente, quatro mil substâncias que, ao serem ingeridas através do consumo de cigarro, provocam inúmeras consequências negativas ao organismo.

“Nas células do corpo que são afetadas pelas substâncias presentes no cigarro  potencialmente cancerígenas –  ocorre uma transformação do material genético, o que favorece o surgimento de tumores.”

– Carolina Conopca, oncologista Medquimheo

Quais são as doenças provocadas pelo tabagismo? 

Você sabia que o tabagismo é capaz de provocar o crescimento de tumores não só no pulmão, como também em outras partes do corpo? Casos de câncer de boca, câncer de laringe, câncer de estômago também estão associados ao cigarro.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a exposição direta ou indireta ao tabaco, além de ser o principal fator de risco para o câncer de pulmão, também pode contribuir para o desenvolvimento de outras doenças, como tuberculose, doença respiratória crônica, rinite alérgica e úlcera no aparelho digestivo.

Atenção para a Covid-19!

O novo coronavírus causa uma infecção, que, se não for tratada adequadamente, pode evoluir para um quadro mais grave de pneumonia. Dessa forma, fumantes, por possuírem maior risco de desenvolver doenças respiratórias, apresentam maior chance de desenvolver complicações graves relacionadas à Covid-19, como internação em UTI, necessidade de uso de respirador mecânico e óbito, o que os tornam parte do grupo de risco da doença.

#DicaMedquimheo: retire o cigarro de sua vida, previna-se do câncer e tenha uma saúde muito melhor e mais qualidade de vida 😉

Conheça nosso blog!

Gostou do post? Então fique aqui no nosso blog e confira mais conteúdos para se manter bem informado!

Tabagismo vai além do câncer de pulmão, sim!

Por que o cigarro vicia?

 

Fonte: Dra. Carolina Conopca, oncologista Medquimheo, CRM ES 11.130.