BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

Hipertensão

shutterstock_1899023548.jpg

A hipertensão arterial é comumente conhecida como pressão alta e atinge cerca de 38 milhões de brasileiros, conforme indicam os dados da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde. A doença crônica é considerada um fator de risco de outras enfermidades, como cardiopatias e complicações renais. A pressão alta é tema que marca a data de 26 de abril como o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial e, apesar de ter alta incidência, é uma doença que pode ser controlada e prevenida, basta seguir um estilo de vida saudável.

Quer saber como estar no controle e ter uma vida longa e mais sadia? Continue lendo nosso artigo!

Veja mais – 4 dicas para combater o estresse e viver com mais tranquilidade

O que é a hipertensão arterial?

A pressão alta, como é popularmente conhecida, afeta vasos sanguíneos de órgãos como o coração, o cérebro e os olhos, além de poder causar disfunção e perda renal. É considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares, como infartos, que representam a primeira maior causa de falecimentos em todo o mundo, inclusive no Brasil. A hipertensão arterial pode atingir tanto mulheres quanto homens principalmente acima dos 30 anos.

Diagnóstico da hipertensão

Um estudo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Imperial College London analisou adultos entre 30 e 79 anos nos últimos 30 anos e identificou que 1,28 bilhões deles foram diagnosticados com a doença. Porém, cerca de 580 milhões de pessoas, sendo 41% das mulheres e 51% dos homens, desconheciam a condição por não terem sido diagnosticadas.

A hipertensão arterial é facilmente detectada a partir da aferição de pressão. É um procedimento que pode ser realizado em casa ou em um centro de saúde e é geralmente tratada com medicamentos de baixo custo, que controlam a hipertensão. A recomendação médica é que adultos acima dos 20 anos meçam a pressão uma vez ao ano, e duas vezes anualmente em casos de histórico familiar.

Possíveis sintomas da hipertensão

De acordo com a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), a hipertensão é uma doença silenciosa e não apresenta sintomas em mais de 50% das pessoas, porém pode se manifestar como dores no peito ou de cabeça, mal-estar, tonturas, zumbidos nos ouvidos, visão embaçada e fraqueza. Em pacientes com câncer, a hipertensão arterial é um fator que necessita de observação constante, pois podem sofrer alteração de acordo com o tratamento adotado, principalmente em casos de tumores renais, intestinais e gástricos.

Fatores de risco

Os fatores mais comuns de elevação da pressão são:

  • Sedentarismo;
  • Obesidade;
  • Tabagismo;
  • Má alimentação;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Histórico familiar;
  • Existência prévia de doenças cardiovasculares.

Como prevenir?

A melhor maneira de prevenir a hipertensão arterial é adotar um estilo de vida mais saudável. Manter uma rotina de exercícios físicos, uma alimentação balanceada com o consumo de frutas, fibras e vegetais, moderar o consumo de bebidas alcoólicas e interromper o tabagismo são alguns dos hábitos fundamentais a serem adotados para prevenir a elevação da pressão. Outras ações que podem ser alteradas no cotidiano são:

  • Reduzir o consumo de sal;
  • Evitar estresses;
  • Estar em dia com a vitamina D, que auxilia no equilíbrio da circulação sanguínea;
  • Em caso de pacientes diabéticos, estar com a doença controlada;
  • Manter o peso corporal saudável.

Medquimheo: clínica oncológica com atendimento acolhedor

Aqui, na Medquimheo, nossa equipe multidisciplinar oferece cuidado individualizado a cada paciente para que o tratamento seja mais leve e acolhedor. Somos a clínica de oncologia no Espírito Santo que apresenta a missão de permanecer em constante evolução e ir muito além de simplesmente atender pessoas, por meio de um atendimento humanizado e um tratamento seguro, atual e multidisciplinar.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Dieta que salva: como uma alimentação equilibrada pode prevenir doenças respiratórias no outono?

Dia Mundial da Luta Contra o Câncer: como ser um adepto a esta batalha?

Fonte: Ministério da Saúde.