BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

câncer e autoestima

cancer-mama-autoestima.jpg

outubro 29, 2021 Câncer de mama0

O câncer de mama e a autoestima são dois assuntos interligados, uma vez que a mulher sofre elevada pressão estética por parte da sociedade, como se a beleza externa fosse sua única atribuição. Estudos da Rede Câncer, divulgados pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), afirmam que quadros depressivos estão relacionados com maior sensação de dor e desconforto físico e que a valorização da autoestima, por meio de atitudes de autocuidado – que pode incluir cuidados estéticos, melhora a qualidade de vida das pacientes oncológicas. Por isso, mesmo que, para alguns, a preocupação com a aparência pareça fútil, ela é apontada por médicos e psicólogos como fator importante a ser trabalhado durante o tratamento e acompanhamento psicológico.

Nesse post, nós, do Blog da Medquimheo, listamos quatro dicas para te ajudar nessa jornada de autocuidado e autoconhecimento. Confira abaixo!

 Veja também-  Outubro Rosa: autoestima como aliada ao tratamento do câncer de mama 

Dica 1 – Não abra mão da sua vaidade

Se você sempre foi uma pessoa vaidosa, não é agora que precisa deixar isso de lado. Mesmo com os efeitos colaterais do tratamento, busque manter hábitos que promovam o sentimento de bem-estar. Usar maquiagem, acessórios, lenços, perucas, encontre sua forma de sentir-se bem durante o tratamento.

Dica 2 – Sinta-se livre para inovar

Sentir-se bem e confortável pode ajudar no dia a dia. Escolher as roupas, acessórios e valorizar a sua própria beleza pode (e deve!) ser um momento de diversão e descontração do seu dia a dia. Lembre-se que a moda é democrática, então sinta-se livre para usar o que te faz sentir bem.

Dica 3 – Pratique atividades físicas

Atividades físicas são essenciais para o bem-estar de qualquer pessoa. Estar em contato com a natureza, sentir uma brisa fresca, ver o verde, as árvores, as plantas, o mar, as flores, também é fundamental para o autocuidado. Vale ressaltar que é importante consultar o médico responsável pelo seu caso antes de aderir a prática de determinadas atividades. Busque orientação!

Dica 4 – Faça acompanhamento psicológico

O autocuidado está presente nas pequenas atitudes, quando pensamos no nosso bem-estar e nos colocamos como prioridade. Contar com acompanhamento psicológico durante o tratamento do câncer é fundamental para que o processo seja mais leve e acolhedor. Além disso, é importante ressaltar que a aparência física é um aspecto importante e precisa ser levando em consideração, principalmente se for algo de relevância pessoal para a paciente. O psicólogo pode auxiliar a paciente nesse cuidado com a autoestima, promovendo escuta e acolhimento, além de auxiliar na compreensão de que o tratamento é uma etapa, mas que deve ser vivida com qualidade de vida.

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Inatividade física x Câncer de mama: entenda a relação

Câncer de mama: quais são os fatores de risco?

Fonte: Instituto Nacional de Câncer.


autoestima-e-cancer.png

De acordo com um estudo feito pela SciElo Brazil, mulheres com autoestima elevada têm maiores chances de se curar de um câncer de mama e lidar de forma mais positiva com o tratamento. Incertezas, medos e inseguranças são alguns sentimentos que vêm acompanhados do diagnóstico, por isso é importante que a paciente oncológica faça o tratamento e também utilize de métodos que conservem a autoestima. 

Autoestima versus tratamento

Queda de cabelo, ganho de peso e cicatrizes são algumas marcas que o câncer pode deixar e que afetam a autoestima. Procurar alternativas para se sentir bem consigo pode ajudar a lidar com o tratamento de forma mais positiva e otimista. Veja algumas dicas que separamos para você elevar sua autoestima!

1 – Aceitação

Receber um diagnóstico pode afetar as emoções. Vivencie suas emoções e lembre-se que a equipe de assistência será uma grande aliada ao seu tratamento.

“Ter uma rede de apoio suportiva, beneficiará a saúde mental e, consequentemente, trará resultados positivos do tratamento. Além disso, faz com que a paciente se sinta acolhida e viva este momento com mais leveza.”

-Dra. Gabriela Simmer, psicóloga da Medquimheo

2 – Descubra combinações de lenços e máscaras

Por conta da pandemia do novo coronavírus foi preciso adotar alguns hábitos para maior segurança e dentre eles está o uso da máscara. Quem disse que para se proteger não pode estar estilosa? Com o uso deste novo acessório, é possível combinar cores e estampas, além de usar as sobreposições adjunto com os lenços. Agora é só investir nas combinações e se sentir linda!

Muitas mulheres que passam pelo tratamento oncológico precisam raspar o cabelo, por conta dos procedimentos de quimioterapia. Entretanto, esse momento não precisa ser visto  apenas por um lado negativo, é possível, por exemplo, deixar os looks mais alegres por meio dos lenços e as diferentes amarrações. É importante que na hora da escolha, opte por tecidos que tragam conforto e leveza – os de algodão são os que absorvem melhor o calor e são ótimas opções para os dias quentes. 

3 – A vida não parou

Mesmo em tratamento, o paciente deve manter seu círculo de amigos e familiares próximo, visto que o apoio desses é de extrema importância para que a pessoa se sinta acolhida e segura para passar por esse momento.

#DicaDaMedquimheo: o podcast Detetives da Saúde produziu um episódio em especial sobre o Outubro Rosa e trouxe dicas de como as mulheres podem manter a autoestima elevada durante o tratamento de câncer de mama. Confira!

Aproveite que descobriu nosso blog e fique por aqui!

O nosso blog é cheio de posts para te manter sempre bem informado. Aproveite mais conteúdos:

Descubra como ficar linda no verão com os lenços

Máscaras de proteção: entenda qual é o tipo ideal para cada ocasião 

Fonte: Instituto Quimioterapia e Beleza