BLOG

Acompanhe dicas de saúde, nutrição e bem-estar em nosso Blog.

prevenção

gripe-h3n2-sintomas-prevenir.jpg

fevereiro 9, 2022 Gripe H3N20

Uma onda de contaminação da gripe atingiu diversos estados do país, o que, em meio ao atual cenário de pandemia, tende a confundir muitas pessoas. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SESA), mais de 50% dos exames analisados este ano são de Influenza A H3N2, enquanto, em 2021, os casos corresponderam a apenas 4,7% das amostras. É importante ressaltar, que, de acordo com o Instituto Butantan, a vacina da gripe ajuda, sim, na  proteção contra esse novo subtipo do vírus. Vale reforçar que, apesar das semelhanças entre os sintomas, a nova cepa e a COVID-19 são doenças distintas. 

No post de hoje, nós, do Blog Medquimheo, reunimos as principais informações para te ajudar a identificar os sintomas da gripe H3N2 e a se prevenir. Confira!

Veja também – Verão: confira algumas receitas indicadas para este período!

H3N2: qual a diferença das outras gripes? 

Existem, até o momento, três tipos de vírus influenza: A, B e C, de acordo com o Ministério da Saúde. O tipo A da influenza é classificado em subtipos, como, por exemplo, o A (H1N1) e o A (H3N2). O vírus H3N2 é uma variante, um subtipo do vírus Influenza A, um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados. A transmissão ocorre por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa contaminada tosse ou espirra.

O que causou o surto de gripe H3N2? 

A Influenza sempre representou uma preocupação para os órgãos da saúde. Entretanto, por conta do cenário da pandemia do Coronavírus, a gripe, assim como diversas outras doenças, foi negligenciada por muitas pessoas, que deixaram de realizar a vacinação contra o vírus. Somado a isso, a flexibilização e abertura dos lugares também teve influência no cenário de contaminação em massa pelo vírus H3N2.

Gripe H3N2: quais os sintomas? 

O principais sintomas da gripe H3N2 são, segundo o Ministério da Saúde:

– Febre alta;

– Tosse;

– Garganta inflamada;

– Dores de cabeça; 

– Dor no corpo e nas articulações;

– Calafrios;

– Fadiga.

Caso apresente algum destes sintomas da gripe H3N2, o recomendado é se recuperar em casa e passar por um isolamento de sete dias para evitar a contaminação de outras pessoas. Além disso, se manter hidratado, com uma  alimentação equilibrada e fazer uso correto dos remédios prescritos pelo médico são atitudes essenciais para a recuperação. Também é preciso levar em consideração que, por conta da pandemia e semelhança entre os sintomas, a realização do teste, se faz, muitas das vezes, necessária. 

Como prevenir a contaminação da H3N2? 

A gripe, assim como o Coronavírus, é transmitida pelo contato com pessoas contaminadas. Evitar aglomerações, fazer uso da máscara, e manter o esquema vacinal atualizado são atitudes essenciais para prevenir casos mais graves da doença. É importante estar com sistema imunológico fortalecido, mantendo hábitos e uma alimentação saudável. 

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Janeiro Branco: dicas para te ajudar a cuidar da sua saúde mental 

Alimentação como aliada do bem-estar mental

Fonte: Ministério da Saúde.


dezembro-vermelho-prevencao-ists-1.jpg

dezembro 2, 2021 Campanhas0

A campanha Dezembro Vermelho, criada em 1987 e aderida no Brasil no ano seguinte, tem como objetivo principal conscientizar a população sobre as formas de prevenção e os perigos das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), que até novembro de 2016, eram chamadas de DSTs. A substituição aconteceu pois é possível que uma pessoa tenha e transmita uma infecção, mesmo sem apresentar sintomas.  Além do movimento, que ocorre durante todo o mês de dezembro, no dia 1° deste mês é comemorado o Dia Mundial de Luta contra a Aids, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

No post de hoje, nós, do Blog Medquimheo, reunimos informações relevantes sobre como prevenir, quais são os sintomas e como é possível ter uma vida saudável com as ISTs. Confira!

 

Veja também –  Nova unidade da Medquimheo: inovação e modernidade

 

Como prevenir as ISTs?

O método mais eficaz de evitar a contaminação das infecções sexualmente transmissíveis é o uso da camisinha, feminina ou masculina, em todas as relações sexuais. É necessário ressaltar que independentemente do estado civil, orientação sexual, idade, identidade de gênero ou classe social, qualquer pessoa que tenha relação sexual sem proteção pode contrair alguma IST. Desse modo, é essencial para assegurar sua qualidade de vida e saúde, exercer o chamado “sexo seguro”, termo associado ao uso de preservativos

 

Quais são os principais sintomas do HIV? 

O período de incubação do HIV, que ocorre desde a exposição ao vírus até o surgimento dos sinais, dura entre três e seis semanas. De acordo com artigo da revista Viva Bem, na fase inicial, algumas das manifestações clínicas são: 

  • Febre;
  • Sudorese;
  • Cansaço;
  • Dores no corpo; 
  • Erupções vermelhas na pele;
  • Perda de apetite e peso;
  • Feridas na boca.

 

Tratamento e convívio com o HIV

O tratamento do HIV ocorre por meio do conhecido “coquetel antiaids” que age inibindo a multiplicação do vírus. Os primeiros medicamentos antirretrovirais (ARV) surgiram em 1980 e, de acordo com o Ministério da Saúde, atualmente existem 19 medicamentos diferentes que atuam na defesa do sistema imunológico. 

 

Avanços no  tratamento HIV

A Anvisa aprovou, recentemente, um novo medicamento para o tratamento do HIV. Em um único comprimido se encontra a combinação de duas substâncias: lamivudina  e dolutegravir sódico. A Agência acredita que essa inovação representa um grande avanço no tratamento, uma vez que, em uma única dose reúne dois antirretrovirais, o que simplifica o processo. De acordo com a bula aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o medicamento auxilia na redução da quantidade de HIV no organismo. 

 

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Câncer de próstata: exame de prevenção ainda é tabu

Dia do Homem: câncer de próstata é o mais incidente entre os capixabas  

Fonte: Ministério da Saúde.


inatividade-fisica-cancer-de-mama.jpg

outubro 25, 2021 Câncer de mama0

A prática de exercícios físicos promove diversos benefícios à saúde física e mental de qualquer pessoa, tais como: redução da pressão arterial, fortalecimento dos ossos e artérias, aumento da sensação de bem-estar, entre outros. Em contrapartida, a inatividade física pode acarretar o surgimento e/ou agravamento de diversos problemas de saúde, entre eles, o câncer de mama. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), aproximadamente 13% dos casos de câncer de mama no Brasil, em 2020, poderiam ter sido evitados pela mudança dos hábitos comportamentais, em especial, a falta da realização de exercícios físicos.  

Neste post, nós, do Blog da Medquimheo, reunimos informações, dados e recomendações essenciais sobre os benefícios da atividade física e como ela pode ajudar na prevenção e luta contra o câncer de mama

Veja também – Obesidade x Câncer de mama: entenda a relação 

Afinal, qual a relação entre inatividade física e o câncer de mama? 

Dados de uma pesquisa realizada em colaboração com o Ministério da Saúde afirmam que uma em cada dez mulheres vítimas de câncer de mama poderiam ter a vida poupada se praticassem exercícios físicos regularmente. Além disso, a pesquisa também afirma que a prática regular de exercícios físicos melhora o metabolismo de alguns hormônios relacionados com o câncer de mama, o que influencia diretamente na prevenção da doença. 

Atividade física: quais são os benefícios? 

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), entre os diversos benefícios promovidos pela prática de atividades físicas, estão: equilíbrio dos níveis hormonais, redução do tempo de trânsito gastrointestinal, fortalecimento do sistema imunológico, ajuda a manter o peso corporal equilibrado e aumenta a disposição e a sensação de bem-estar

Quais atividades físicas são as mais indicadas? 

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), é importante praticar aquelas atividades físicas que nos trazem prazer, pois isso influencia no aumento da sensação de bem-estar. Entre os exercícios citados, estão: 

  • Caminhada; 
  • Pedalar; 
  • Dançar;
  • Natação/Hidroginástica.

Além disso, vale ressaltar que após dez anos, a Organização Mundial da Saúde (OMS), criou uma nova versão de suas diretrizes sobre atividade física. Baseado em dados científicos recentes, o documento fornece informações atualizadas sobre os danos que a inatividade física e o sedentarismo causam a curto e longo prazo. “Ser fisicamente ativo pode adicionar anos à vida e vida aos anos”, afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. 

Conheça o Blog da Medquimheo

Nosso blog é repleto de posts para te manter sempre bem informado e atualizado. Aproveite mais conteúdos:

Câncer de mama: quais são os fatores de risco? 

Colesterol alto é fator de risco para o desenvolvimento do câncer? Saiba mais!

Fonte: Instituto Nacional de Câncer